sexta-feira, 25 de junho de 2010

serei e sou


Serei o que você quiser, mas só quando eu quiser. Serei sempre apego pelo que vale a pena e desapego pelo que não quer valer. Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato. Ou toca ou não toca.
Sou complexa, sou mistura, sou mulher com cara de menina... e vice-versa. Me perco, me procuro e me acho. E quando necessário, enlouqueço e deixo rolar... Não me dôo pela metade, não sou tua meio amiga nem teu quase amor. Ou sou tudo ou sou nada.

4 comentários:

  1. Que espontaneidade.
    É se alegrar acima de tudo, é ser você mesmo, sempre respeitando o espaço dos demais.

    Ficou muito engraçada a foto! x) (No melhor dos sentidos, é claro)


    Obrigado por seu último comentário... Confesso que quando os leio não me sinto merecedor. Afinal, a inteligência e a inspiração vem sempre dEle, independente do assunto.

    Um beijo bem grande pra você!
    E, por favor, continue sempre *única*!

    ResponderExcluir
  2. Olá meu bem! Tem selinho pra vc lá em meu blog. Passa lá.
    Bjs

    http://meninalana.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Gostei, pela metade nem copo d'agua!

    ResponderExcluir

O que os meus descobridores pensam?